Do meu lado na cama e na vida

0
63

É assim que quero acordar todo dia, de repente, meus olhos são invadidos pela claridade, e fico um pouco aborrecido porque queria que a escuridão durasse mais, que os sonhos que estava tendo durasse mais, mas aí, de repente te vejo ao meu lado. Seus olhos ainda lutando contra o alarme que desperta incansavelmente, e é essa sua preguiça que me traz toda a alegria que sonho algum seria capaz de me fazer sentir

Fico imerso nessa anestesia que é te ver despertar, ainda mal-humorada e sonolenta, vejo como minha camiseta lhe cai no corpo, como seus cabelos são livres e como seus olhos, assim que se abrem, guardam em segredo toda nossa cumplicidade. Você quase levanta, mas aí cede a mais dez minutos de soneca e eu levanto, meio sem vontade, mas com toda a vontade.

Não quero te deixar, mas preparo aquele café do jeito que você gosta, forte e saboroso, ensaio um misto quente ou quem sabe ovos mexidos, e coloco tudo na bandeja. Você se deixa seduzir pelo cheiro, assim que chego no quarto, e sorri agradecida, e nesse momento eu mesmo fico agradecido só por ter te visto acordar.

Enquanto comemos eu resolvo contar uma piada que ouvi, você revira os olhos já imaginando que lá vem mais uma piada horrível, e mesmo ela sendo a pior de todas você dá gargalhadas que só me fazem ter mais certeza do que sinto por você. Cedo a minha vontade e te roubo um beijo, depois outro e mais outro, eu queria que o tempo parasse e que pudéssemos permanecer assim para sempre.

Você escapa de meus braços correndo para o banheiro, e eu a sigo, vejo você se livrar da minha camiseta e resmungar baixinho que a água está fria, mesmo que o chuveiro esteja na regulagem mais quente. A água cai pelo seu corpo inteiro e fico hipnotizado com o efeito que você tem em mim. É tudo tão rápido de manhã que logo estamos nos vestindo para o trabalho.

E quando finalmente saímos você cantarola aquela música de que tanto gosta e que eu acho extremamente melosa, mas é inevitável não deixar-se levar pela sua energia. De repente fico leve e ao mesmo tempo apreensivo, quando finalmente nos despedimos com um beijo de até breve te entrego meu coração e em segredo você também me entrega o seu, e só no que consigo pensar nesse instante é em como te amo e quanto quero te amar, e que mal espero para te ver mais tarde.

Deixe seu comentário